3 de nov de 2015

BOLO DE LARANJA SAUDÁVEL

BOLO DE LARANJA SEM GLÚTEN
E SEM LACTOSE

 o bolo  Sem glúten e com todos os benefícios da laranja
Ingredientes
– 200ml de suco de laranja natural (mais ou menos 3 laranjas)
– 1 xícara (chá) de óleo de canola (ou óleo de milho ou de coco – mas deixa gosto)
– 2 ovos
– 2 xícaras (chá) de farinha sem glúten ou fécula de batata
– 2 xícaras (chá) de açúcar demerara
– 2 colheres (chá) de fermento em pó químico
Modo de Preparo
Preaqueça o forno a 180 °C (temperatura média). Unte uma assadeira retangular tipo de pão (ou redonda) com manteiga e polvilhe com farinha sem glúten. Faça o suco de laranja, para 200ml (dependendo do tamanho das laranjas), em média 3 laranjas. No liquidificador, bata o óleo, os ovos e o suco de laranja até obter uma mistura homogênea.
Numa tigela grande, misture a farinha, o açúcar e o fermento em pó. Adicione o creme de ovos com laranja aos poucos, misturando delicadamente, até a massa ficar bem homogênea.
Transfira a massa do bolo para a fôrma untada e leve ao forno pré-aquecido para assar por cerca de 45 minutos, ou até que você espete um palito e ele sai limpinho. Deixe esfriar por aproximadamente 30 minutos, ou até que fique morno, e desenforme.
Você pode fazer alguns furinhos no bolo antes de desenformar, e regar com um pouco do suco de laranja, deixando o bolo mais molhadinho e com um gostinho a mais de laranja.
Lembrando que, embora seja uma receita com poucas calorias, é importante consumir o bolo com moderação.

QUANDO PENSA QUE JÁ VIU DE TUDO....CONFIRA ESSSA NOVIDADE

EXPERIMENTE,
COMO ELIMINAR A DOR USANDO UMA SIMPLES FOLHA DE PAPEL   ALUMÍNIO

Você vai aprender agora um tratamento muito diferente.
Mas não ligue para o fato de ele ser, digamos, "estranho".
Afinal, quem já o fez garante que ele é excelente para combater vários tipos de dor, como nas costas, nos ombros, pescoço, joelhos e no calcanhar (aquela dor que não permite que você ande normalmente).
E como é feito esse tratamento?
Com folha de papel alumínio!
Isso mesmo, folha de papel alumínio!
Não, você não vai comer papel-alumínio, pois a ingestão de alumínio é tóxica.
Mas, antes de ensinar como se faz, vamos mostrar a lógica do tratamento e por que ele funciona.
Pode acreditar, papel alumínio não serve somente para o cozimento de alimentos, ele também trata a dor.
E isso não é novidade.
O uso de folhas de papel alumínio para aliviar a dor consta nos livros de Wilhelm Reich, médico, psicanalista, cientista e colaborador de Sigmund Freud.
Mas qual o sentido desse tratamento e por que ele funciona?
Há algumas teorias, como a do cientista russo A.V. Skvortsov, segundo o qual o corpo humano é um núcleo de células que interagem diretamente com o campo magnético da Terra e, ao colocar papel alumínio na área afetada, ocorreria o aumento dessa interação.
Outra, mais simples, é que o alumínio produz calor e esse calor seria benéfico para tratar a dor.
Mas o fato é que quem faz garante: funciona!
E não custa tentar, não é?
Você está "louco" para saber como é feito o tratamento, certo?
Calma, é muito simples.
Envolva a região da dor com uma folha de papel alumínio.
Deve ser um pedaço suficientemente largo para cobrir toda a área afetada.
A parte brilhante do papel fica em contato com o local da dor.
Se for preciso, use uma fita adesiva para ajudar a fixar o papel.
O ideal é fazer à noite, antes de dormir, pois o alumínio precisa ficar em contato com a área dolorida por umas 10 ou 12 horas.
Faça o tratamento por 12 dias seguidos.
Depois espere duas semanas e repita se necessário.
A terapia da folha de alumínio é aplicada em diferentes tipos de dor, incluindo dor no pescoço, costas, braços, pernas, joelhos, ciática, gota, artrite reumatoide, juntas (ácido úrico) e esporão de calcanhar.
Em algumas pessoas, a dor desaparece rapidamente, o que comprova o potente efeito anti-inflamatório do tratamento.


BELLY PAINTING


Isso mesmo! A moda agora entre as futuras mamães é o belly painting que, em outras palavras, significa pintar o barrigão. A técnica se popularizou nos Estados Unidos como uma alternativa às fotografias preto e branco.
Nessa brincadeira, basta pegar uma tinta (antialérgica, por favor!) e soltar a imaginação!









OLEO DE COCO ESPECIAL NO SEU DIA A DIA

Oleo de coco.Tão especial no dia a dia

Experimente você ira se surpreender.

Manter os ovos frescos por mais tempo 
O óleo de coco sela os poros da casca do ovo, mantendo o oxigênio e o frescor do lado de dentro. Tudo que você precisa fazer é passar uma camada de óleo de coco liquefeito nos ovos (secos e à temperatura ambiente), e mantê-los em um local seco e fresco. Este truque irá prolongar a vida dos ovos de semanas a meses.

Clarear os dentes 
Você pode clarear os dentes ao escová-los com um creme dental caseiro feito de óleo de coco e bicarbonato de sódio. As propriedades antibacterianas do óleo de coco, combinadas ao poder que o bicarbonato tem de tirar manchas, torna esta opção natural tão eficaz quanto as variedades compradas nas farmácias. Acrescente óleo essencial de hortelã ou um adoçante natural como Stevia, se precisar de um gostinho a mais.

Repelir os insetos de forma natural 
Os tradicionais sprays contra os insetos têm um aroma terrível e são carregados de substâncias químicas. Os amantes do óleo de coco sabem que podemos misturá-lo com algumas gotas de óleo essencial de hortelã, alecrim ou melaleuca para criar um repelente natural. Aplique no corpo e mantenha moscas, mosquitos, pernilongos e abelhas, longe. A hidratação é um benefício extra para a sua pele.


Limpar os pincéis de maquiagem 
A única coisa surpreendente sobre este uso é o fato de não termos pensado nele antes. Nós usamos o óleo de coco para remover a maquiagem, então faz sentido que ele faça um ótimo trabalho e mantenha os pincéis de maquiagem reluzentes. Basta mergulhar seu pincel em óleo de coco liquefeito e passá-lo repetidamente em algumas folhas de papel-toalha para limpar as cerdas. Em seguida, enxágue rapidamente e você terá pincéis macios e limpos pela manhã.

ALIMENTOS DO BEM

5 Alimentos super
gordurosos que fazem bem para o organismo.

Oleaginosas
Invista nas nozes, castanhas e no pistache: segundo um estudo publicado em 2009, um punhado delas por dia já é capaz de controlar o peso e fornecer proteínas e vitaminas ao corpo.


Abacate
Não precisa ter medo do abacate só por ele ser uma fruta gordurosa. Os nutrientes dele fazem bem ao coração, fortalecem o sistema imunológico, retardam o envelhecimento e ainda reduzem os níveis de cortisol, o hormônio do stress, no sangue.


Azeite
Na hora de cozinhar, o óleo mais saudável para usar é sem dúvidas o azeite. A gordura dele tem o poder de controlar a pressão arterial, prevenir contra o câncer e regular a diabetes.


Óleo de côco
O óleo de côco contém de fato gordura saturada, mas, no organismo, ela acaba gerando energia. Este alimento tem ainda vários outros benefícios, como o de melhorar o funcionamento da tireoide - o que, consequentemente, auxilia até na perda de peso!