6 de abr de 2011

SAÚDE "Diga não ao Tabagismo".



O fumante hoje em dia pode ser considerado como um ser em extinção.
De acordo com pesquisas de vigilância sanitárias  de fatores de risco e proteção  para doenças crônicas para  inquérito telefónico( VIGITEL) O percentual de fumantes no Brasil caiu de 16,2% para 15,5% de 2006 a 2009. A maior queda do uso do cigarro ocorreu na faixa etária dos 35 a 45 anos. Em 1989 , 33% da população fumava segundo pesquisa nacional de saúde e nutrição,realizada pelo IBGE. Tal  redução ocorreu graças as campanhas anti-tabagismo do ministério da saúde. Mostrando a veracidade que o cigarro  pode e leva a causar na  saúde do indivíduo.O que não ocorria com as propaganda de cigarro que mostravam homens e mulheres bem sucedidos,praticando esportes e de bem com a vida.O que bem na realidade é outra.
2,6 mil não fumantes morriam por ano devido a doenças provocadas pelo tabagismo passivo e 200,000 são decorrentes do tabagismo direto.(opas 2002).
Atualmente as redes de TV, não vinculam mais propaganda de marcas de cigarros ,mais sim campanha anti-fumo.Quem sabe daqui a alguns anos  o Brasil poderá ser considerado um País onde o fumo esteja erradicado.Vamos ficar na torcida!!!!!

Postado 6/4/2011
ás 14:52

Nenhum comentário: